Posts com a Tag ‘roupa de bebe’

Dicas para conservar as roupinhas sempre novas

Não há nada que simbolize mais a expectativa de toda a família em relação ao nascimento do bebê que a montagem do enxoval. Ele é carinhosamente colecionado ao longo dos nove meses de gravidez. Para que se mantenha sempre novo, abrigando o nenê com o mesmo aconchego da barriga da mamãe, alguns cuidados devem ser tomados na limpeza das roupinhas.
Entre eles, o mais importante é procurar produtos que não venham a prejudicar a pele sensível da criança. Por isso, é sempre bom utilizar sabão neutro — em pedra ou líquido —, que é pobre em componentes cáusticos como a soda, presente em grandes quantidades nos sabões comuns.
Outro cuidado indispensável é lavar sempre em separado a roupa do bebê. Ela jamais deve ser misturada à dos adultos. Assim, reserve uns dois baldes e uma bacia, novos, para as roupinhas do seu filho.
É bom evitar o acúmulo de peças sujas, por isso, lave-as tão logo sejam trocadas. Roupa úmida amontoada cria manchas de bolor. lascas de sabão de coco em pedra. Leve-o ao fogão e só desligue após 15 minutos do início da fervura. Depois, lave as fraldas normalmente, a mão ou a máquina.
Para prevenir assaduras, os pediatras recomendam que o enxágüe passe por várias águas para retirar todo o sabão. No último enxágüe, adicione duas colheres de vinagre branco para cada litro de água.
O ácido do vinagre vai neutralizar as substâncias alcalinas contidas no sabão, assim como eliminar totalmente a amônia desprendida pela urina, a principal causa de assaduras. Em seguida, estenda-as em lugar ventilado e, se possível, ensolarado, pois o sol é um poderoso germicida.
Nos primeiros meses de vida do bebê, não é aconselhável utilizar qualquer tipo de amaciante nas fraldas, pois as substâncias químicas podem ser danosas à pele da criança.

Compartilhe no:
  • Orkut

Roupas para bebe

Roupas para bebe

Roupas para bebe
A roupa que o pequeno irá vestir é outra grande preocupação da família, e ela, tradicionalmente, é um presente da madrinha. Segundo Luiza, o mandrião (camisolão típico de batizado) voltou com tudo. Conforme a tradição, este traje é usado por todas as crianças da família ao longo das gerações e terá o nome de cada bebê bordado no lado interno da barra. “Apesar da ocasião ser especial, muitas mães preferem peças que os bebês poderão usar outras vezes.

Compartilhe no:
  • Orkut